PESQUISADORES DA USP SIMULAM REDUÇÃO DO POTENCIAL DE LIGAÇÃO DO SARS-COV-2


Pesquisadores da USP desenvolvem uma estratégia para diminuir o acesso viral do SARS-CoV-2 nas células, via modelagem. Segundo Tanaka et al., 2020, considerando que a enzima conversora de angiotensina 2 humana (ACE2) é um dos receptores do vírus SARS-Cov-2, previu-se um enfraquecimento da ligação da proteína através do impacto de mutações na função ACE2.

Os autores buscaram editar o DNA, através da técnica CRISP, no sentido de preservar a atividade biológica do ACE2, reduzindo o potencial de ligação do vírus SARS-Cov-2.

Alunos da pós graduação que participaram das pesquisas desenvolveram um vídeo explicativo e publicaram o no YouTube conforme divulga-se abaixo.

Referência:


Tanaka, P .; Santos, J .; Oliveira, E .; Miglioli, N .; Assis, A .; Monteleone-Cassiano, A .; Ribeiro, V .; Duarte, M .; Machado, M .; Mascarenhas, R .; Souza, A .; Brito, L .; Oliveira, L .; Donadi, E .; Passos, G. Um sistema Crispr-Cas9 projetado para introduzir mutações pontuais no gene ACE2 humano para enfraquecer a interação do receptor ACE2 com a proteína SARS-CoV-2 S. Preprints 2020, 2020050134 (doi: 10.20944 / preprints202005.0134.v1).




 

A Revista Sociedade Científica convida seus leitores para se inscreverem em nossa nova plataforma de assinantes. Sem qualquer custo, a Revista irá comunicá-lo sempre que houver nova publicação.

Para se inscrever, basta submeter email:

Revista Sociedade Científica

Convide seus amigos, basta compartilhar este link através dos links sociais abaixo.




 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *